Início / Noticias / Distrito Federal registra o menor índice de homicídios em janeiro desde 2000

Distrito Federal registra o menor índice de homicídios em janeiro desde 2000

O número de crimes contra a vida no Distrito Federal (DF) caiu 26,7% no mês de janeiro em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo, foram registrados 35 assassinatos, somando os casos de homicídios (34) e lesão corporal seguida de morte (1). Não houve registro de latrocínio (roubo seguido de morte) no mês.

O balanço é da Secretaria de Segurança Pública e Paz Social do DF e foi divulgado hoje (1º) pela cúpula da segurança pública de Brasília. De acordo com o secretário de Segurança Pública, Edval Novaes, trata-se do menor índice para o mês de janeiro desde o início da série história, em 2000.

“É uma redução extremamente significativa e a gente começa o ano baixando ainda mais os índices, que no ano passado já foram baixos, e que fizeram com que tivéssemos uma taxa de 16 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes”, destacou o secretário.

Apesar da redução do número de homicídios, os registros de estupros aumentaram 3,4% em janeiro no DF, com 61 casos. O número considera crimes ocorridos em outros meses, mas registrados apenas em janeiro. Em relação aos casos de estupro que efetivamente ocorreram no último mês, foram registrados 40 ocorrências, uma queda de quase 30% em relação a janeiro de 2017. Em 30% das ocorrências de estupro, há vínculos familiares ou afetivos entre a vítima e o autor. Esse índice chega a 98% nos casos de estupro de vulnerável, segundo os dados do governo.

Também houve aumento no número de tentativas de latrocínio, com 24 casos registrados, sete a mais do que janeiro de 2017.

Roubos e furtos

Os crimes contra o patrimônio tiveram queda geral de 13,4% em janeiro de 2018 quando comparados ao mesmo mês do ano passado. Ao todo, foram registrados 4.356 ocorrências, contra 5.030 em janeiro de 2017. O único índice que aumentou foi o número de furtos em veículo, com 34 ocorrências a mais.

Houve redução no índice de roubo em transporte coletivo, com queda de 43,5% (232 casos), e de roubo em residência, que baixou 46,5% (46 casos). O roubo de veículos caiu 28,4%, com 317 casos este ano; o roubo a pedestre caiu 13,9% e o roubo em comércio, 7%.

De acordo com a Polícia Militar (PM), foram apreendidas 171 armas de fogo e 227 quilos de drogas em janeiro. A PM também conseguiu recuperar 348 celulares roubados e prender 1.005 pessoas em flagrante. Ao todo, segundo a Polícia Civil, foram abertas 34.141 ocorrências criminais no último mês.

Sobre Agência Brasil

Agência Brasil
A Agência Brasil é a agência de notícias da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que distribui gratuitamente informações de interesse público. As notícias podem ser reproduzidas desde que citada a fonte.