Início / Policial / BPRv encerra Operação Réveillon com redução no número de mortes durante o feriado no Paraná

BPRv encerra Operação Réveillon com redução no número de mortes durante o feriado no Paraná

Foto: Divulgação PMPR

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) intensificou o policiamento em toda a malha rodoviária do Paraná em virtude do feriado prolongado. A Operação Réveillon iniciou-se às 14 horas de sexta-feira (29/12) e finalizou às 8 horas desta terça-feira (02/01) com ações preventivas em todo o estado, principalmente no Litoral. Os policiais atuaram mesmo com o mau tempo para garantir a tranquilidade e a segurança da população paranaense e dos turistas que transitaram pelos mais de 12,8 mil km de rodovias estaduais.

Em todo o Paraná foram registrados 94 acidentes, oito mortes, 117 feridos, três atropelamentos, sete infrações de trânsito pelo Art. 165 e quatro infrações pelo Art. 306 (crime de embriaguez), além de 418 testes etilométricos, 1.909 autuações gerais, 3.152 imagens de radar e 60 veículos retidos. O sábado (30/12) foi o dia com maior número de acidentes (35), feridos (36), testes etilométricos (171) e de autuações (513). No domingo (31/12) foi registrado o maior número de mortes (4) e na segunda-feira (1º/01) de prisões por embriaguez (2) e de autuações por imagens de radar (1.404).

“Nossas equipes acompanharam o fluxo de veículos nos 57 postos da unidade e a fiscalização foi intensa em diversos trechos para inibir, além da embriaguez ao volante, outras atitudes perigosas como a ultrapassagem em local proibido e delitos que podem ocasionar acidentes fatais. O reforço, feito pelos policiais militares das seis companhias da unidade e do serviço administrativo, ocorreu em pontos estratégicos e em locais e horários de maior incidência de acidentes graves”, explica o Comandante do BPRv, tenente-coronel Erich Wagner Osternack.

Em comparação com o feriado passado, neste ano houve redução (-11,11%) no número de mortes, ou seja, no ano passado foram nove e neste feriado oito, bem como diminuiu o número de testes etilométricos (-47,02%), caiu de 789 para 418 neste ano. Os dados de imagens de radar também caíram de 3.791 em 2016 para 3.152 em 2017 (-16,86%), assim como o número de autuações no geral que passou de 2048 no ano anterior para 1.909 neste ano (-6,79%) e o de veículos retidos que caiu de 84 para 60 neste ano (-28,57%).

Já os acidentes aumentaram de 90 no feriado anterior para 94 neste (4,44%), assim como o de feridos subiu de 85 para 117 neste feriado (37,65%). Já o número de atropelamentos (3), infrações de trânsito pelo Art. 165 (7) e infrações pelo Art. 306 (4) mantiveram-se os mesmos em 2016 e 2017.

“Em relação ao ano passado, comparando com todo o estado, tivemos um número um pouco maior em alguns dados, como de acidentes. Além disso, o número de autuações e imagens de radar diminuiu e isso se deve ao tempo chuvoso que, além de tornar a rodovias mais perigosa, também dificulta as ações de fiscalização, pois os equipamentos não podem ser expostos a chuva para não danificarem. Mesmo assim o aumento foi pequeno e as ações de intensificação garantiram a segurança da população”, destaca o tenente-coronel Erich.

LITORAL –
Nas rodovias estaduais que cortam os municípios da região Litorânea do Paraná, o BPRv contou também com uma intensificação no policiamento. “No litoral tivemos congestionamentos intensos, os quais diminuem a velocidade dos condutores e consequentemente diminuem as autuações. Não tivemos acidentes graves, mas ainda notamos a pressa do condutor no primeiro dia e no retorno do feriado”, conta o Comandante do BPRv.

Na Costa Leste o batalhão registrou na Operação Réveillon 18 acidentes, 19 feridos, dois atropelamentos, 97 testes etilométricos, quatro infrações de trânsito pelo Art. 165 e duas pelo Art. 306 (crime de embriaguez), além de 592 autuações gerais, 1.242 imagens de radar e 28 veículos retidos. O sábado (30/12) foi o dia com maior número de testes etilométricos (64); já o domingo registrou o maior número de acidentes (6) e de veículos retidos (10). Na segunda-feira (1º/01) foi registrado o maior índice de feridos (8), de imagens de radar (562) e de autuações no geral (200).

Nesta região, em comparação com o feriado passado, neste ano houve uma redução (-27,83) no número de autuações por imagens de radar que caiu de 1.721 para 1.242 neste ano. Não houve nenhum registro de mortes. Já o número de infrações pelo Art 306 manteve-se o mesmo do ano anterior, dois casos.

Já o número de acidentes aumentou de 17 para 18 neste ano (5,88%), o de feridos passou de 10 para 19 neste feriado (90%), de atropelamentos subiu de um no feriado anterior para dois nesta temporada (100%); os testes etilométricos passaram de 76 para 97 (27,63%), o número de infrações pelo Art 165 também subiu de três para quatro (33,33%), o de veículos retidos de 16 para 28 (75%) e o de autuações no geral de 347 em 2016 para 592 em 2017 (70,61%).

Deixe uma resposta