Acontecendo

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Um dos mais tradicionais roteiros turísticos do Paraná agora é oficializado em lei estadual

Agora é lei! / Foto: Arte: Vinicius Leme/Alep

O nome da capital dos paranaenses, Curitiba, é de origem indígena e significa “terra dos pinheirais, terra de muito pinhão”. E as famosas Araucárias, pinheiro que tem como semente o pinhão, não são vistas apenas na capital e sim em diversas cidades do Paraná e, principalmente, na Região Metropolitana de Curitiba.

Esta região é povoada por imigrantes das mais variadas origens, que com sua cultura e costumes oferecem aos turistas um amplo roteiro turístico denominado de Rotas do Pinhão, conforme Lei nº 18.959/2017, oriunda de um projeto de lei proposto pela deputada Claudia Pereira (PSC), e que foi incluída no Roteiro Turístico Oficial do Estado do Paraná.

A Rota oferece diversas atrações para todos os tipos de gostos, como centros históricos, cachoeiras, cafés coloniais, artesanato, igrejas antigas, sítios e fazendas.

O objetivo de regulamentar o roteiro através de uma lei foi o de dar mais visibilidade ao tradicional itinerário turístico que abrange dezesseis municípios da Região Metropolitana de Curitiba e fomentar ainda mais a divulgação, investimentos e a visitação aos parques, restaurantes, museus e igrejas da região. “Sabemos da importância do turismo para as cidades e para a população na geração de renda. Muitas vezes, por falta de estímulo, certas regiões com grande potencial turístico acabam não sendo tão desenvolvidas”, disse a deputada. “Os municípios têm através da denominação da Rota uma condição mais fácil de divulgar o roteiro, destacando o potencial turístico e desenvolvendo a sua cidade”, completou Claudia Pereira.

Os municípios que compõem a Rota do Pinhão são Araucária, Balsa Nova, Bocaíuva do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Curitiba, Lapa, Piên, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Rio Negro, São José dos Pinhais e Tijucas do Sul.

Nesses locais o turista poderá visitar, além dos conhecidos parques e centros gastronômicos de Curitiba, o Caminho do Guajuvira, em Araucária; o Caminho do Vinho, em São José dos Pinhais; o Circuito Italiano de Colombo; a Gruta do Monge, na Lapa; o Mosteiro Trapista, em Campo do Tenente, entre outras diversas atrações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.