Acontecendo

quinta-feira, 2 de junho de 2016

​Palmeira realiza apresentação em Curitiba contra a hanseníase



Na terça-feira (31) a Secretaria de Saúde de Palmeira marcou presença em Curitiba onde ocorreu mobilização no dia estadual de conscientização contra a hanseníase. Palmeira recebeu o convite por meio da Coordenação do Programa de controle a Hanseníase da SESA/PR para realizar uma apresentação no evento.

Por meio da Vigilância Epidemiológica e Coordenadoria de Atenção Primária, a equipe da ESF Rocio 1 realizou apresentação da peça teatral “Uma manchinha no carrossel”, que foi criada para levar mais informações às crianças do Município. “O teatro é uma forma fácil de levarmos conteúdo para os estudantes de Palmeira, de forma divertida e explicativa”, contou Joelma Mayer, coordenadora da Atenção Primária.
Durante todo o dia foram distribuídos folhetos informativos para as pessoas que passavam pelo evento, ainda ocorreu esclarecimentos sobre forma de contágio, controle e tratamento da hanseníase.

Em Palmeira a Secretaria de Saúde também realiza palestras focadas no assunto. As unidades de ESF Jardim Santa Rosa e ESF jardim Cristine, já levaram apresentações às comunidades. Segundo o secretário de Saúde, Elves Cocheva, nos próximos dias mais unidades realizarão palestras informativas.


Hanseníase pode causar a morte se não tratada

As campanhas e atendimento dos agentes comunitários ajudam o município a manter controle sobre a doença. Em todo o município existem apenas três casos em tratamento.
A doença se trata do surgimento de manchas na pele, que deixam o local sem sensibilidade. “As pessoas não dão muita importância, porque confundem com marcas de nascença e deixam de ir atrás de tratamento”, conta Joelma.

O contagio é realizado por meio das gotículas que se movimentam quando o paciente contagiado espirra ou tosse, sendo transmitido pelo ar. Por isso a recomendação sempre que for tossir ou espirrar colocar um lenço na boca e nariz.

Hanseníase tem cura e é mais normal do que se imagina, o tratamento dura seis meses sendo oferecido de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde – SUS, mas quando não realizado por causar atrofiamento de músculos, perda de movimentos e até mesmo a morte. “A doença é antiga e séria, já foi motivo de muito preconceito. Porém ela é mais normal do que se acredita, possuiu cura, mas precisa ser diagnosticada precocemente pois pode causar a morte”, finalizou a coordenadora.

*Informações da Assessoria



Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.