Acontecendo

quarta-feira, 15 de junho de 2016

“Operação Paládio” prende quatro suspeitos de pedofilia na internet em Curitiba e RMC

Quatro homens, entre 21 e 49 anos, foram presos em flagrante na manhã desta quarta-feira (15) durante a “Operação Paládio” deflagrada pela Polícia Civil através do Núcleo de Combate aos Cibercrimes (Nuciber). A ação policial, que aconteceu em Curitiba e Região Metropolitana, tem como objetivo combater a pedofilia pela internet. Um adolescente de 17 anos também foi apreendido durante a operação policial.

Dez mandados de busca e apreensão foram cumpridos nos bairros Boqueirão, Cidade Industrial de Curitiba, Umbará, Campo do Santana, Santa Candida, Bigorrilho, Santa Felicidade, São José dos Pinhais (RMC) e Fazenda Rio Grande (RMC), além de duas conduções coercitivas para prestar esclarecimentos.

De acordo com o delegado-titular do Nuciber, Demetrius Gonzaga, que conduziu a operação, as investigações iniciaram há um ano, através de denúncia de órgãos de proteção à criança, onde os menores eram alvo de abuso sexual na internet. “As imagens portadas e exibidas pelos suspeitos eram postadas tanto na internet comum quanto na deep web (local que usuários comuns não acessam), mesmo assim a equipe de investigação da delegacia as localizou ao aprofundar as investigações desta modalidade criminosa”, disse Gonzaga.

“As pessoas que cometem o crime de pedofilia pela internet tem a falsa impressão que estão sob o anonimado. O Nuciber tem todo a expertise e ferramentas para buscar estes criminosos. Esta operação é resultado de um ótimo trabalho de investigação que chegou a identificação e hoje até a prisão dos suspeitos”, avaliou o secretário da Segurança Pública, Wagner Mesquita.



Durante a operação, foram apreendidos diversos materiais eletrônicos, entre discos rígidos, pendrives, celulares, computadores, cartões de memória, entre outros objetos. Todos os suspeitos responderão pelo crime de armazenar imagens e vídeos contendo cenas pornográficas de crianças e adolescentes, sob pena um a quatro anos de prisão. Entre os objetos apreendidos está, segundo o delegado, um vídeo em que uma criança de três anos era forçada a praticar sexo oral em um adulto.














A delegacia especializada investiga cerca de 250 casos envolvendo abusos desta natureza. “O fato de compartilhar ou armazenar imagens dessa natureza configura crime. Novas fases serão deflagradas até mesmo fora do Estado a fim de combater de forma geral o crime de pedofilia”, afirmou o delegado-titular do Nuciber.

Cerca de 30 policiais participaram da ação, entre eles policiais civis do Nuciber, do Núcleo de Repressão aos Crimes Econômicos (Nurce), do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e do Núcleo de Proteção à Criança e Adolescente Vitimas de Crimes (Nucria).

O nome da operação “Paládio” é uma analogia a um objeto sagrado ao qual era confiada a defesa de uma cidade ou país, remetendo a Polícia Civil como protetora da sociedade.


*Fonte Policia Civil
*Imagem:Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.