Acontecendo

sábado, 18 de junho de 2016

Nesta segunda feira Prefeitos da AMCG fazem reunião com pauta sobre a crise financeira

Prefeitos das cidades que integram a Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) irão se reunir na próxima segunda-feira (20), na sede da entidade, para discutir a situação financeira dos municípios. Com a queda nos repasses federais, principalmente do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), e na arrecadação municipal, as cidades da região sofrem com problemas de caixa.

De acordo com o levantamento do Jornal da Manhã, apenas com a queda nos repasses do FPM a região amargou um prejuízo de R$ 6,9 milhões em 2016. A queda na divisão do ‘bolo tributário’ gerou problemas graves nos municípios e a queda de 4,49% nos repasses, em comparação com as verbas destinadas em 2015, deixou algumas prefeituras prestes a fechar as portas.

O prefeito de Jaguariaíva, Jucá Sloboda (PHS), lembrou que o FPM tem sofrido quedas mensalmente e que todos os gestores dos Campos Gerais estão “apreensivos” com a situação. “Estamos passando dificuldade e cortando todo tipo de despesa para reverter a situação, evitando todo tipo de gasto supérfluos para que o caixa da Prefeitura seja mantido em dia”, lembrou o prefeito.

Sloboda lembrou que grande parte dos municípios tem retido investimentos diante da situação de instabilidade financeira que também atinge a máquina pública. “Atualmente não temos conseguido usar recursos próprios para fazer investimentos em pavimentação, por exemplo”, ponderou. “Deixamos de contratar ou abrir novos editais de licitação para não criar novas despesas”, ponderou.

Os prefeitos que integram a AMCG farão uma reunião no começo da tarde e após a partir das 16h está agendada uma coletiva de imprensa sobre o assunto. Atualmente além da queda nos repasses do Governo Federal do Fundo de Participação, os municípios também sofrem com outras onerações, entre elas as verbas para o transporte escolar. A Associação de Municípios do Paraná (AMP) pede 20% no aumento dessa verba o que representaria cerca de R$ 12 milhões a mais no caixa das cidades da região.

Prefeito pretende cortar 20% dos cargos comissionados















O prefeito de Carambeí, Osmar Blum (DEM), reafirma a dificuldade dos municípios diante da atribuição cada vez maior de tarefas e gastos para as prefeituras. “Com o FMP caindo e com a obrigação de investimentos mínimos em áreas como Educação e Saúde, a contenção de gastos tem que ser extrema”, ponderou. Além disso, Blum lembrou que até o final do ano pretende ter 20% a menos de cargos de confianças. “Também cortamos horas-extras de todos os funcionário”, ressaltou Osmar.
*Fonte Jornal da Manhã
*Imagem: Ilustrativa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.