Acontecendo

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Japonês da Federal é preso acusado de facilitar entrada de contrabando

O policial federal Newton Ishii, que ganhou fama nacional como sendo o “Japonês da Federal”, nas diversas fases da operação Lava jato, foi preso em Curitiba, na tarde de terça-feira (07).

Ishii foi condenado a 4,2 anos, em 2003, como consequência da chamada Operação Sucuri, que tinha como objetivo combater o envolvimento de policiais na entrada de contrabando em território nacional. O policial é acusado de facilitar a entrada de mercadorias.

O mandado de prisão foi expedido pela Vara de Execução Penal Justiça Federal de Foz do Iguaçu, na região Oeste. Ishii foi encaminhado à Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, mesmo local para onde são levados os presos da Lava Jato.

*(Foto: Estadão Conteúdo)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.