Acontecendo

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Governo do Estado abre mais 12 leitos de UTI pediátrica em Campo Largo

Desde o início de junho, mais 12 leitos de UTI pediátrica começaram a funcionar no Hospital do Rocio, em Campo Largo. A estrutura está disponível à rede pública de saúde graças a uma ação do Governo do Paraná, que está custeando as despesas de internação de pacientes pelo SUS.

A medida foi tomada para ampliar a retaguarda de atendimento, tendo em vista o aumento da demanda por assistência especializada em Curitiba e Região Metropolitana. “Estamos pagando esses leitos com recursos próprios, assumindo uma responsabilidade que seria da União. Sabemos das dificuldades do atual governo federal, mas não podemos deixar que a população fique desassistida neste momento crítico de inverno”, explica o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

A curitibana Ketlin Cristina Carvalho, mãe da pequena Sophia, internada na UTI do Rocio, afirma que o atendimento recebido é de “primeiro mundo”. “A equipe nos passou confiança e vemos o carinho com que Sophia está sendo cuidada. Isso nos dá segurança, mostra que estão fazendo tudo para tratar minha filha da melhor forma”, disse a mãe, ao visitar Sophia nesta quarta-feira (15).

Com a queda nas temperaturas, aumenta a circulação de doenças respiratórias e cresce também o número de crianças que necessitam de internamento em UTI. “A incorporação desses leitos do Rocio amplia para 96 o número de UTIs pediátricas para internamentos SUS na região”, diz o secretário.

Atualmente, 180 leitos de UTI pediátrica estão em funcionamento na rede pública de saúde do Paraná. A estrutura está distribuída em 18 municípios, dando suporte de urgência e emergência em todas as regiões do Estado. “Trata-se de um serviço que salva vidas e melhora as condições de atendimento de crianças com quadros clínicos mais graves”, enfatiza Caputo Neto.

Agora com 25 leitos de UTI pediátrica em operação, o Hospital do Rocio se consolida como referência para atender a população de todo o Estado. A unidade conta ainda com um heliponto preparado para receber pacientes encaminhados por helicópteros da Rede Paraná Urgência.

O superintendente de Gestão de Sistemas de Saúde, Paulo Almeida, explica que o Governo do Paraná vem trabalhando, desde 2011, para preencher vazios assistenciais na área da Saúde. “Fizemos um amplo levantamento para avaliar a estrutura de atendimento de cada região. Com isso, priorizamos a implantação de novos leitos onde a população mais precisa”, declara Almeida.

Em cinco anos, 538 leitos de UTI adulto, neonatal e pediátrico foram incorporados ao SUS no Paraná. O aumento se deve, principalmente, à política de fortalecimento dos hospitais públicos e filantrópicos do Estado, através do programa HospSUS.














*Fonte Agência Estadual de Noticias
*Imagem: Venilton Küchler


Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.