Acontecendo

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Casal de empresários é preso com mais de duas toneladas de alimentos adulterados


Um casal de empresários, atuante há mais de oito anos na capital paranaense, na distribuição de frios, laticinios e embutidos foi preso no final da tarde da última quarta-feira (08), pela Polícia Civil, suspeitos de falsificar e vender produtos alimentícios, em Santa Felicidade.

Policiais da Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor (Delcon), em conjunto com agentes da Vigilância Sanitária de Curitiba e fiscais do Ministério da Agricultura, apreenderam mais de duas toneladas de alimentos em condições impróprias para consumo em um estabelecimento localizado em Santa Felicidade, famoso bairro gastronômico da capital.

De acordo com a polícia o casal comprava produto clandestino, sem origem comprovada, sem marca, sem inspeção sanitária, e até mesmo - produtos próximos ao vencimento - de supermercados da capital com preço abaixo do valor de mercado, com o objetivo de recolocar o produto a venda de maneira ilícita.

Eles fatiavam, reembalavam com rótulo de outras empresas (nome fantasia e selo SIM/SIF), e revendiam para conhecidos estabelecimentos comerciais - restaurantes, pizzarias, lanchonetes e hotel - de Curitiba. Alguns mercados, mercearias, panificadoras de bairro também compravam as mercadorias.

“O armazenamento dos produtos estavam sem higiene adequada. Com novo rótulo e nova data de validade, diferente do produto originalmente adquirido, eles prorrogavam de maneira inadequada e ilegal o prazo dos alimentos”, realata o delegado-titular da Delcon, Guilherme Rangel.

A dupla responderá pelos crimes de mercadoria imprópria para consumo e falsificação de selo sanitário. Se condenados poderão pegar até oito anos no prisão.
Entre os produtos apreendidos estão, queijo, presunto, calabresa, bacon, peito de peru, entre outros.

As investigações continuam com o objetivo de identificar a participação de outras empresas neste esquema criminoso. As marcas utilizadas pelos empresários também serão investigadas.

Informações da Policia Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.