Acontecendo

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Ação conjunta do MPF e PF resulta em prisões de policiais rodoviários federais em Ponta Grossa

Servidores federais extorquiram dinheiro de caminhoneiro para evitar aplicação de multas e apreensão do veículo

Ação conjunta entre Ministério Público Federal (MPF), Corregedoria da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Federal (PF) resultou na prisão em flagrante de dois policiais rodoviários federais que cometeram crime de concussão ao exigirem o pagamento de propina para não aplicarem multa e nem realizarem a apreensão do veículo de um caminhoneiro durante fiscalização realizada em um posto  da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Imbaú, na BR-376, região dos Campos Gerais.

A atuação conjunta entre PRF, MPF e PF ocorreu desde o início das investigações e foi fundamental para o êxito da operação. A prisão ocorreu na noite do último dia 22, momentos após o pagamento de propina e liberação do caminhoneiro. A ação foi deflagrada após várias denúncias chegarem aos órgãos competentes envolvendo possíveis irregularidades funcionais ocorridas no posto da PRF em Imbaú.

Os policiais rodoviários interpelaram o caminhoneiro no posto da PRF para verificar supostas infrações. No local, conforme confirmou o motorista em depoimento posterior, ele foi forçado a entregar o valor que possuía no momento (um cheque de R$ 250 do Banco Sicredi e uma cédula de R$ 50).

Na mesma noite a PF se dirigiu ao local para cumprir as prisões após a confirmação das denúncias, inclusive por meio de monitoramento por câmeras de vídeo. Durante o cumprimento das prisões também foram encontrados nos objetos pessoais dos policiais rodoviários (bolsas, mochilas e veículos), grande quantia em dinheiro (mais de R$ 2 mil em espécie) e também um cheque no valor de R$ 250,00 do Banco Sicredi, que teria sido entregue pela última vítima.

Os policiais rodoviários foram conduzidos, a princípio, para a Delegacia da PF de Ponta Grossa e, posteriormente, encaminhados para o Presídio Hildebrando de Souza. Em audiência de custódia realizada na 1.ª Vara Federal de Telêmaco Borba, as prisões em flagrante foram convertidas em prisões preventivas.

``Entendo que os elementos de prova colhidos até o presente momento recomendam a decretação da prisão preventiva como forma de evitar que os flagrados, caso soltos e no exercício das funções, permaneçam agindo de modo reprovável, maculando a imagem do órgão público que integram´´, ressaltou a juíza em seu despacho.

A Procuradoria da República em Ponta Grossa acompanha a conclusão das investigações e o encerramento do inquérito decorrente do flagrante. A PRF reforçou que está atenta quanto a pontuais desvios de conduta de seus servidores e, em cooperação com os demais órgãos de fiscalização, investigação e controle, age sempre para preservar os princípios morais e éticos que devem reger as atividades da instituição.














*Fonte Procuradoria da República no Estado do Paraná
*Imagem: Ilustrativa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.