Acontecendo

quinta-feira, 5 de maio de 2016

PM monta forte esquema de policiamento para garantir a segurança durante a final do campeonato paranaense

A final do Campeonato Paranaense será definida no próximo domingo (08/05) no estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR), entre os times Coritiba e Atlético Paranaense. Diante da expectativa e do grande movimento em torno do clássico, a Polícia Militar montou um forte esquema de policiamento com mais de 700 policiais militares para garantir a segurança dos torcedores e de todos aqueles que forem acompanhar o jogo. Para definir os horários de deslocamento das torcidas e as questões relacionadas à segurança, reuniões ocorreram durante esta quarta-feira (04/05) na sede do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM), pertencente ao 1º Comando Regional da PM (1º CRPM).

“Agiremos de forma preventiva a todo o momento, desde as primeiras horas da manhã acompanharemos a movimentação nos terminais de ônibus e nos deslocamento das torcidas. Tratamos com os representantes dos clubes e das torcidas que a tolerância será zero no que tange as questões de dano ao patrimônio público, de rixa e ou qualquer outra que venha pôr em risco a integridade das pessoas que forem assistir ao jogo. Atuaremos até o encerramento do clássico, patrulhando não só no entorno do estádio, mas também no centro da cidade e nas periferias”, destaca o Comandante do 12º BPM, tenente-coronel Antônio Zanatta Neto.

“O objetivo principal é dar apoio à Polícia Militar na operação. Há uma maior atenção porque é um espetáculo que envolve emoção e muita rivalidade entre os clubes, mas o planejamento feito pelo 12º BPM será eficaz e estaremos lá dando apoio a partir das 13 horas quando inicia o esquema de segurança no estádio. Esperamos que tudo ocorra tranquilamente e não precisemos intervir”, afirma o Delegado-titular da Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (DEMAFE), Clóvis Galvão Bueno.

O esquema de segurança, que iniciará às 11 horas, será coordenado pelo 12º BPM e contará com o apoio do 13º BPM, 20º BPM e 23º BPM, bem como do Regimento de Polícia Montada (RPMon), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTRan), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), da Academia Policial Militar do Guatupê (APMG), do 17º BPM, 22º BPM e da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) da Polícia Militar, além da Guarda Municipal, da Urbs (Urbanização de Curitiba), da Setran (Secretaria Municipal de Trânsito), do Jecrim (Juizado Especial Criminal), do Ministério Público, do Poder Judiciário e da Polícia Civil.

Na reunião ficou definido que no período da manhã até as 13 horas, a torcida do Atlético poderá usar o transporte público nos terminais; a partir das 13h30 é liberado para os torcedores do Coritiba. A Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) do 13º BPM, juntamente com o RPMOn, fará a escolta da torcida atleticana, às 14 horas, da sede da Fanáticos para o Couto Pereira e no retorno, após o término do jogo. Já a ROTAM do 20º BPM ficará responsável pela escolta do time do Atlético a partir das 13h45. Também foi acordado entre as torcidas de ambos os times que a Ultras e a Fanáticos poderá entrar no estádio com uma faixa, sete instrumentos e o uniforme das organizadas está liberado.

De acordo com tenente-coronel Zanatta, mais de 700 policiais militares farão a segurança na área interna e externa do estádio, além dos 10 pontos de bloqueios nas ruas próximas para evitar tumultos e garantir o acesso dos torcedores. “Não vamos permitir luta corporal, tumultos ou qualquer outro dano durante o jogo. Atuaremos com muita firmeza e determinação, antes da partida e após o encerramento, justamente para coibir situações de violência”, destaca.

Ainda segundo o Oficial do 12º BPM, a Polícia Militar atuará, além do entorno do estádio, nas praças da área central de Curitiba, nos eixos de deslocamentos de torcedores, terminais de ônibus e estações tubo nas proximidades do Couto Pereira. Qualquer ocorrência registrada a até 5 mil metros do local do jogo será encaminhada para a Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (DEMAFE).

Segundo o Diretor da torcida organizada Fanáticos, Gilmar Alves de Lima, as recomendações feitas durante a reunião serão cumpridas. “Sempre divulgamos nas redes sociais e no nosso site como funcionará a escolta e outras questões. Pedimos a colaboração de todos os nossos associados para que não haja confusões”, disse. “Solicitamos para que todos os torcedores possam ir ao estádio com o espírito de paz, que fiquem longe de confusões e não excedam com as bebida alcoólicas”, acrescenta o Presidente da Império, Juliano Rodrigues.

“Pedimos aos líderes de torcida que nos auxiliem na identificação das outras torcidas que existem em outros bairros, justamente para que possamos agir de uma maneira melhor. Estaremos monitorando as redes sociais, inclusive com o apoio do Ministério Público e também da Demafe, os quais nos auxiliarão na operação. Trabalharemos para garantir a segurança de todos e estamos preparados para atuar em qualquer situação”, finaliza o tenente-coronel Zanatta.

COMEMORAÇÃO – O time que vencer o campeonato comemorará o título no Couto Pereira, sendo um palco montado no local para a entrega da taça ao campeão. A torcida pertencente ao time perdedor deverá sair primeiro do estádio. A PM reforçará o policiamento na saída para evitar tumultos ou confrontos.

MONITORAMENTO – O Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), por meio de câmeras de órgãos públicos instaladas em locais estratégicos da cidade, acompanhará todos os deslocamentos de torcidas e times em tempo real, assim como a Plataforma de Observação Elevada (POE) e o helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), o qual utilizará o imageador aéreo para monitorar os deslocamentos nos terminais de ônibus e demais regiões da cidade.

“Todas as imagens captadas pela aeronave do BPMOA serão enviadas simultaneamente para o Veículo Comando Operacional e Monitoramento (VCOM) que armazenará os dados que poderão ser usados futuramente”, explica o tenente-coronel Zanatta.

*Colaboração: Mahara Paola – Auxiliar de Comunicação
Fotos: Cabo Valdemir da Luz
Por Marcia Santos
Jornalista PMPR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.