Acontecendo

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Paraná já distribuiu 92% das doses da vacina contra gripe

A Secretaria estadual da Saúde distribuiu mais um lote de vacinas da gripe para todos os municípios do Estado. A remessa enviada pelo Ministério da Saúde na última semana representa 92% do total de vacinas destinadas ao Paraná para toda campanha. O volume recebido até agora totaliza 2,7 milhões de doses.

“A logística de distribuição foi prontamente organizada para que não houvesse falta de vacina em nenhuma Regional de Saúde”, explica a chefe do Centro de Epidemiologia, Julia Cordellini. Quatro regionais do Estado já receberam 100% do estoque: 5ª RS – Guarapuava, 6ª RS – União da Vitória, 17ª RS – Londrina e 18ª RS – Cornélio Procópio.

Ela explica que, a partir do recebimento das vacinas, o município precisa organizar a distribuição. “Para que um local não fique sem vacina, os gestores precisam ficar atentos à demanda e remanejar as doses entre as Unidades de Saúde com mais e menos fluxo de pessoas”, recomenda Julia.

COBERTURA – A cobertura vacinal do Estado já chega a quase 70% do público-alvo. “Em duas semanas de campanha, já estamos próximos de atingir a meta. A grande procura pela vacina mostra que a população paranaense está sensibilizada e buscando as Unidades de Saúde”, comenta a chefe da Epidemiologia.

De acordo com o coordenador estadual de Imunização, João Luís Crivellaro, a maior preocupação é com as gestantes. “Dentre o público-alvo da campanha, as gestantes são as que menos receberam a vacina. Até agora, apenas 49% foram vacinadas no Paraná”, diz.

Crivellaro ressalta que a vacina é segura e não causa nenhum comprometimento ao bebê. “É importante que as gestantes procurem a Unidade de Saúde o quanto antes. A Influenza pode evoluir mais rapidamente durante a gravidez e levar, até mesmo, ao óbito”, fala.

NÚMEROS – Até esta segunda-feira (9), o Paraná confirmou 307 casos de Influenza, sendo 279 de H1N1. Entre Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG), com necessidade de internação, e Síndromes Gripais (SG), registrados por 23 unidades sentinelas no Estado, 91% são de H1N1.

Das 22 Regionais de Saúde do Paraná, 20 já apresentam casos confirmados da doença. A 15ª RS – Maringá foi a região com maior número de confirmações no Estado, totalizando 97 casos desde o início do ano.

Até esta segunda-feira (9), foram confirmados 22 óbitos por H1N1 no Paraná. As cidades que registraram as mortes foram Curitiba (2), Quitandinha (1), São José dos Pinhais (1), Marmeleiro (3), Foz do Iguaçu (6), Espigão Alto do Iguaçu (1), Campo Mourão (2), Umuarama (1), Maringá (1), Apucarana (2), Londrina (1) e Cornélio Procópio (1).

*Informações da Agência Estadual de Noticias
*Imagem: Ilustrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.