Acontecendo

terça-feira, 15 de março de 2016

Madre Teresa de Calcutá será canonizada no dia 4 de setembro

O papa Francisco marcou nesta terça-feira (15) o dia 4 de setembro de 2016 como o dia da canonização de Madre Teresa de Calcutá. A data era a mais provável por representar o dia em que a religiosa faleceu.

A irmã missionária nasceu em 1910, em Skopje, hoje capital da Macedônia - na época, parte da Índia -, sob o nome de Anjezë Gonxhe Bojaxhiu, e faleceu em setembro de 1997. Sua beatificação ocorreu no dia 19 de outubro de 2003 pelo então papa João Paulo II.

Conhecida como a “santa das sarjetas”, a vida de Madre Teresa foi marcada pela luta pelos mais pobres e marginalizados, o que lhe rendeu um Prêmio Nobel da Paz em 1979 e a antipatia dos líderes políticos de Skopje.

Para declarar a canonização, a Comissão da Causa dos Santos, órgão da Igreja que gere todo o processo sobre os “candidatos à santidade”, precisa confirmar dois milagres do religioso.

O primeiro deles, reconhecido por João Paulo II, foi a cura de Monica Besra, uma mulher indiana que sofria com câncer no estômago. De acordo com o processo de investigação, a cura da doença só pode ser explicada por algum fato sobrenatural, e a indiana relatou que rezava constantemente para Madre Teresa.

Segundo o jornal católico "Avvenire", o segundo desses milagres aconteceu com um brasileiro. Em 2008, um homem de 35 anos residente em Santos (SP) teria se curado repentinamente e de modo cientificamente inexplicável, quando estava à beira da morte por causa de uma doença no cérebro. Sua mulher rezava constantemente para a “santa das sarjetas”. A oficialização do reconhecimento do milagre por parte do papa Francisco teria ocorrido no dia 17 de dezembro.

- Primeiro santo argentino: Além de Madre Teresa, o Pontífice confirmou as datas de canonização de outros quatro beatos católicos. No dia 5 de junho, serão proclamados santos Estanislau de Jesus Maria (Giovanni Papczynski) e Maria Elisabeth Hesselblad e no dia 16 de outubro será a vez de José Luis Sánchez del Río e de Giuseppe Gabriele del Rosario Brochero.

Este último será o primeiro santo nascido e morto na Argentina, o país natal do Pontífice. Brochero, um sacerdote nascido em 1840 e que morreu em 1914, foi proclamado beato em 14 de setembro de 2013.

*Com informações da Agência Brasil
*Imagem: Ilustrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.