Acontecendo

terça-feira, 22 de março de 2016

"Avenida das Torres" deixara de ter torres em Curitiba


A Copel vai retirar as torres e superpostes da Avenida Comendador Franco – avenida das Torres - que liga Curitiba a São José dos Pinhais e ao aeroporto Afonso Pena. A companhia vai substituir a atual linha de energia por uma nova linha subterrânea, com um investimento de R$ 157 milhões, que inclui também a construção de uma nova subestação.

A medida foi anunciada pelo governador Beto Richa e pelo presidente da Copel, Luiz Fernando Vianna, nesta terça-feira (22), no Palácio Iguaçu. O governador também autorizou a prefeitura de Curitiba a homologar licitação e firmar contrato para as obras de pavimentação na avenida Agamenon Magalhães, no bairro Capão da Imbuia. O investimento é de R$ 7,2 milhões, financiado pelo Governo do Estado.

“É uma alegria anunciar mais esse pacote de investimentos, bastante significativo e com obras aguardadas por Curitiba, como a da avenida Agamenon Magalhães”, disse o governador. Ele afirmou que a retirada das torres da avenida Comendador Franco permitirá intervenções urbanas, como construção de corredores exclusivos para o transporte público, pista de ciclovias, melhorando condições de paisagem urbana na extensão de oito quilômetros da avenida”, disse Richa.

Com o ajuste fiscal feito pelo governo estadual, a arrecadação aumentou e, com isso, também as transferências das receita de ICMS e IPVA. “Curitiba já recebeu R$ 132 milhões em transferências. O ajuste fiscal protegeu o Paraná e os municípios dessa grave crise financeira que atinge o País”, acrescentou.

Para o secretário de Obras Públicas de Curitiba, Sérgio Luiz Antoniasse, as duas ações representam mais uma parceria com o Governo do Estado e vão trazer mais conforto e mobilidade para a população. “As obras na Agamenon vão melhorar a condição de tráfego para quem vem de Pinhais e Piraquara”, disse ele.

PROJETOS URBANÍSTICOS – Na Avenida Comendador Franco, a Copel vai substituir a atual linha de energia de 69kV por uma nova linha subterrânea, de 230 kV. O investimento de R$ 157 milhões inclui também a construção de uma nova subestação. As obras devem demorar 18 meses.

A linha aérea hoje existente será desativada, com a retirada de 25 torres e 20 superpostes, que estão ao longo do canteiro central da avenida, nos bairros Jardim Botânico, Jardim das Américas, Guabirotuba e Uberaba, explicou o presidente da Copel, Luiz Fernando Vianna. De acordo com ele, as obras devem começar em breve, logo após a licença ambiental.

Outro benefício é a retirada das torres que hoje encobrem a visão do Viaduto Estaiado, na rua Francisco Heráclito dos Santos, que já se transformou em uma nova marca da cidade.

A nova linha subterrânea será construída ligando a nova Subestação Curitiba Centro, no Jardim Botânico, à Subestação Uberaba. A nova linha será num trecho de 8 km, a maior parte dele na Avenida Comendador Franco, desde a rua Dr. Dário Lopes dos Santos, no Jardim Botânico, até a rua Rosa Mehl.

“A linha subterrânea também melhora o fornecimento de energia elétrica para Curitiba e região, com mais segurança e confiabilidade”, diz o presidente da Copel.

PACOTE - A nova linha subterrânea foi leiloada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em novembro do ano passado, e arrematada pela Copel. O projeto faz parte de um pacote de R$ 580 milhões que serão investidos pela Copel referentes ao leilão do lote E.

Vianna explica que ao todo serão 230 quilômetros de linhas e a construção de três subestações, com prazo de execução de três anos.

Richa destacou que essa obra é muito aguardada. “Eu sei há quanto tempo a população pede pela retirada dos postes. Logo, assim que tivermos uma folga, vamos estudar também a retirada na avenida Visconde Guarapuava”, antecipou, ao lembrar que o governo vem cumprindo o compromisso de reforçar o papel das empresas públicas, como a Copel, no desenvolvimento do Estado. “A Copel já investiu R$ 5,5 bilhões nos últimos quatro anos, o maior valor da sua história. No ano passado foram R$ 2,36 bilhões e nesse ano serão mais R$ 3,1 bilhões”, acrescentou.


PAVIMENTAÇÃO DE RUAS EM CURITIBA


O investimento de R$ 7,2 milhões que a prefeitura fará para pavimentar a avenida Agamenon Magalhães será com recursos da linha Sistema de Financiamento do Município (SFM), operacionalizada em parceria pela Fomento Paraná e Secretaria do Estado do Desenvolvimento Urbano.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, trata-se de uma obra complexa que vai beneficiar a população dos bairros Jardim Botânico, Tarumã e Capão da Imbuia. “As obras devem levar entre seis e oito meses”, disse ele.

As obras incluem drenagem, calçadas com rampas de acessibilidade, sinalização, iluminação. Segundo balanço da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, desde janeiro de 2011 o governo do Estado liberou R$ 485 milhões para financiamento de obras, ações e serviços para Curitiba e região metropolitana. Somente para Curitiba foram repassados R$ 127 milhões pelo SFM.

PRESENÇAS -
A solenidade teve a presença ainda do presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba, Aílton Araújo, dos vereadores Chico do Uberaba, Carla Pimentel, Mauro Ignácio, Cacá Pereira, Tiago Gevert, Dirceu Moreira, Professor Galdino, Jairo Marcelino, Pier Petruzzielo, da deputada estadual Mara Lima, do vice-presidente da Fiep, Helio Bampi, do vice-presidente da Fecomércio, Paulo César Nauiak, da ex-vice governadora, Emília Belinati, representando a Fomento Paraná.

Fonte: AEN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.