Acontecendo

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Paraná promove dia de mobilização contra o mosquito da dengue


O Governo do Estado, em parceria com as prefeituras e a sociedade civil organizada, promove neste sábado (9) uma grande mobilização contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya. A intenção é alertar a população sobre a necessidade de fazer uma faxina geral em casa para eliminar os potenciais criadouros do mosquito.

Ações educativas e mutirões de limpeza serão realizados em diversos municípios do Estado, marcando o Dia D de Combate ao Mosquito da Dengue, lembrado todo dia 9 de cada mês. “Queremos aproveitar este momento em que as pessoas estão retornando para casa, depois das festas de fim de ano, para convidá-las a entrar nesta luta contra o mosquito”, explicou o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto. “Se cada um fizer a sua parte, podemos reduzir drasticamente o risco desta tríplice ameaça da dengue, zika e chikungunya”, reforçou.

INSPEÇÃO -
As equipes de saúde farão visitas em casas e estabelecimentos comerciais para entregar um check-list com informações sobre os principais locais e objetos que devem ser inspecionados. O objetivo é mostrar ao cidadão que o mosquito geralmente deposita seus ovos onde encontra água parada, condição ideal para a reprodução.

“Muita gente lembra dos vasos e pratos de plantas, dos pneus, do lixo reciclável, mas esquece de verificar outros locais que também oferecem risco, como calhas entupidas, bromélias e bandejas externas de geladeira”, alerta o diretor-geral da Secretaria da Saúde, Sezifredo Paz.

DENGUE – Até o momento, cinco cidades já estão em situação de epidemia de dengue no Estado: Munhoz de Mello, Santa Isabel do Ivaí, Itambaracá, Guaraci e Paranaguá. Esta é primeira vez que um município do Litoral paranaense é considerado epidêmico para a doença. A cidade portuária de Paranaguá registra 491 casos da doença, desde agosto de 2015.

O Governo do Estado, em conjunto com a prefeitura de Paranaguá, realizou no mês de dezembro do ano passado, uma série de ações para intensificar o trabalho de combate ao mosquito em todos os bairros da cidade. Na ocasião, Secretaria da Saúde inclusive enviou uma equipe de profissionais do interior do Estado para auxiliar a prefeitura nas atividades de bloqueio.

Também foi deslocada à Paranaguá parte da frota de camionetes fumacê do governo estadual, que atuam na aplicação de inseticida contra o mosquito em sua forma alada (adulto). Ainda em dezembro, o Estado destinou R$ 255 mil à prefeitura através do programa VigiaSUS, a fim de dar suporte financeiro ao reforço das ações preventivas contra a dengue.

Em todo o Estado, 1.726 casos de dengue já foram confirmados. Segundo informações dos municípios, apenas dois pacientes evoluíram para a forma grave da doença, mas foram curados.

ZIKA E CHIKUNGUNYA –
O boletim informativo da Secretaria Estadual da Saúde, divulgado nesta terça-feira (5), traz ainda informações sobre a circulação do zika vírus a partir de agosto do ano passado. Ao todo, foram notificados 30 casos suspeitos no Paraná, sendo que seis foram descartados por terem diagnóstico laboratorial confirmado para dengue. O restante segue em investigação.

Quanto à febre chikungunya, o Paraná registra neste mesmo período apenas um caso confirmado autóctone da doença, ou seja, quando o paciente foi infectado dentro do próprio Estado. Trata-se de um paciente de Mandaguari que já foi tratado e passa bem. Existem ainda outros três casos importados de outros Estados.

*Reportagem da Agência Estadual de Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.