Acontecendo

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Richa devolve R$ 3,5 mil referentes à viagem com parada em Paris

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), devolveu US$ 930, cerca de R$ 3,5 mil, referentes à viagem que fez para a China, Rússia e França em outubro deste ano.

A viagem gerou polêmica, uma vez que a comitiva do governador passou um fim de semana em Paris, sem agenda oficial.
Eles se hospedaram em um hotel de luxo próximo à Champs-Élisées, uma das avenidas mais famosas do mundo. A diária no hotel custa o equivalente a cerca de R$ 1 mil. Richa estava acompanhado da secretária de estado e esposa, Fernanda Richa, empresários e assessores.

De acordo com o governo do estado, os US$ 930 foram economizados da verba que Richa dispunha para alimentação, hospedagem, transporte terrestre e outros para toda a viagem.
À época, deputados que compõem a bancada de oposição ao governo na Assembleia Legislativa (Alep) questionaram a parada em Paris. Tadeu Vereni (PT) chegou a afirmar que Richa quis ficar em Paris para tomar um bom vinho.

O governo informou que o fim de semana em Paris foi uma “parada técnica” em função da indisponibilidade de voos e conexões para a China.

A polêmica se estendeu, e o coletivo “Direito Para Todos” entrou na Justiça requerendo explicações sobre a viagem. O judiciário estabeleceu um prazo para que Beto Richa se manifestasse.

O coletivo alegou que Paris não era a única conexão possível para a China, e que a passagem, comprada com antecedência, poderia ter previsto um itinerário mais barato e que não necessitasse da parada técnica.

Veja a nota do governo do estado na íntegra

O governador do Estado do Paraná, Beto Richa, devolveu o valor de US$ 930 (novecentos e trinta dólares) não utilizados em sua última missão internacional para China, Rússia e França. O dinheiro economizado seria utilizado como ajuda de custo para suprir gastos com alimentação, hospedagem, transporte terrestre e outros. Essa é uma prática adotada pelo governador desde as suas primeiras viagens. Beto Richa já devolveu aos cofres públicos um total de US$ 3.605,00 (três mil seiscentos e cinco dólares) referentes a valores de ajuda de custo não utilizados em missões internacionais.

*Reportagem da Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.