Acontecendo

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Bancos devem apresentar em 30 dias plano de segurança de caixas eletrônicos

Reunião com representantes dos bancos, da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária e das forças de segurança do Paraná, definem cronograma para a instalação de dispositivos de segurança em caixas eletrônicos. Na foto, o Secretário da Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita.  Foto: Osvaldo Ribeiro/ANPr
As instituições bancárias devem entregar à Secretaria de Estado da Segurança Pública, até o final de dezembro, um cronograma para a instalação de dispositivos de segurança em caixas eletrônicos. O prazo para instalação dos equipamentos é até junho de 2016. O tema foi discutido em reunião nesta terça-feira (01) entre representantes dos bancos, da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária e das forças de segurança do Paraná.

“Os bancos têm que ajudar no combate a essa atividade criminosa, uma vez que a maioria dos caixas eletrônicos não dispõe de qualquer dispositivo de segurança, o que os tornam alvos fáceis de organizações criminosas”, disse o secretário da Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita.

Desde que foi criada a força-tarefa, há um ano, para combater a ação das quadrilhas especializadas em explosões de caixas eletrônicos, a Secretaria e as instituições bancárias se reúnem para discutir mecanismos com o objetivo de reduzir a atividade criminosa.

As forças de segurança do Paraná que atuam na força-tarefa concluíram que os caixas eletrônicos que não contam com dispositivos de segurança são os principais alvos dos criminosos, enquanto que aqueles com algum tipo de dispositivo, como fumaça e sirene, não sofrem a ação das quadrilhas.

O secretário ressaltou a iniciativa da Câmara de Vereadores de Ribeirão Preto, em São Paulo, que aprovou uma lei que obriga as instituições a instalar um sistema de nebulização – que produz fumaça – para reduzir a visibilidade do local e inibir a ação de criminosos que tentam explodir terminais de autoatendimento.

Mesquita informou que há um estudo em andamento para elaboração de um projeto de lei sobre o assunto. “Também está tramitando na Assembleia Legislativa um projeto similar. Portanto, faz-se necessária a troca de informações com as instituições bancárias para que a lei paranaense ajude a inibir esta atividade criminosa”, disse.

Somente em 2015, a força-tarefa prendeu quase 90 pessoas suspeitas de envolvimento com explosão de caixas eletrônicos. A força-tarefa é composta por policiais civis e militares de unidades especializadas como Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre) e do Departamento de Inteligência do Paraná (Diep), além de peritos da Polícia Científica.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Maurício Tortato, e o delegado-geral da Polícia Civil, Julio Reis, destacaram as ações conjuntas entre as duas polícias, que têm resultado na prisão de quadrilhas especializadas em explosão de caixas eletrônicos.

Além dos chefes das polícias Militar e Civil, participaram da reunião o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Juceli Simiano, o comandante do Bope, coronel Hudson Teixeira, comandantes regionais da PM e delegados de unidades especializadas da Polícia Civil, além de representantes do Exército, da Polícia Federal, do Banco Itaú/Unibanco, Banco do Brasil, Banco Central, Sicredi, Caixa Econômica Federal, HSBC e Bradesco.

* Reportagem da Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.