Acontecendo

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Obras na BR-277 complicam tráfego entre Curitiba e Campo Largo


Um dos trechos rodoviários mais movimentados do Paraná, na BR 277, está recebendo um novo pavimento a partir desta semana. Os impactos no tráfego, que vêm sendo sentidos por quem passa pelo trecho de Curitiba a Campo Largo, devem ser minimizados com o avanço das máquinas e com horários diferenciados das obras, avalia a concessionária CCR RodoNorte, que executa os trabalhos seguindo obrigações contratuais. As obras terminam no final de dezembro.

A empresa trabalha neste momento do KM 114 ao KM 118, na entrada de Campo Largo, e inicia nesta quinta (19) novos pontos sob horários e condições especiais. O trecho restante, que vai do KM 100 ao 112, para o Interior, terá a pista liberada sempre que o tráfego ficar lento por mais de 5 quilômetros, das 9h às 16h30. As obras serão retomadas às 20 horas e paralisadas novamente às 6h do dia seguinte, funcionando 24 horas. Durante os finais de semana, os trabalhos começam às 20h de sexta e só terminam na segunda às 6 horas.

“Com esta programação, vamos minimizar os congestionamentos, que crescem muito rapidamente em um trecho tão movimentado como o de Curitiba a Campo Largo”, aponta o gestor de Atendimento da CCR RodoNorte, Mauro Bertelli. “Vamos operar dia e noite, inclusive com horários especiais de funcionamento da usina de asfalto, para reduzir os dias e o tempo de cada intervenção”, observa.



Rotas alternativas — Mesmo com a programação, o trecho permanece propenso aos congestionamentos, devido ao fluxo, que chega a 60 mil veículos diariamente no trecho. Para evitar o trecho em obras, os motoristas têm a opção de seguir para o Interior pela PR 090 (Estrada do Cerne), saindo de Curitiba pela Av. Manoel Ribas, em Santa Felicidade. Basta seguir até Bateias e retornar à BR 277 no KM 118, adiante das obras. Para quem chega pelo Contorno de Curitiba, Aeroporto ou Região Sul, a opção é seguir via Araucária, acessando a BR 277 no Contorno de Campo Largo, bem adiante do ponto em obras.



As obras —Os trabalhos de troca do pavimento de todo o trecho da BR 277 entre Curitiba e São Luiz do Purunã, entre os quilômetros 100 (Curitiba) e 140 (São Luiz do Purunã), ocorrem em etapas desde 2014, conforme o contrato de concessão da empresa com o Governo do Estado. Neste período, já receberam obras os trechos de subida e descida da Serra de São Luiz, bem como os trechos Norte e Sul da rodovia no Segundo Planalto, além do segmento Campo Largo a Curitiba. Também receberam obras a passagem por fora de Campo Largo, na pista sentido Interior e a pista antiga da BR 277 – hoje substituída pelo novo Contorno.


* Com informações da assessoria de imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.