Acontecendo

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Copel dá dicas para um Natal mais seguro

A um mês do Natal, as casas, o comércio e as vias públicas já começam a ganhar o brilho e colorido especial da decoração das festas de fim de ano. Mas a energia elétrica exige cuidados. Para evitar acidentes com choque elétrico, a Copel lista os cuidados mais importantes ao manusear e instalar enfeites natalinos.
Copel orienta sobre cuidados com a decoração de natal.
Foto: SINARA FREITAS COPEL


Os cuidados começam no momento da aquisição dos enfeites. Verifique a procedência e a qualidade dos equipamentos elétricos utilizados na decoração, principalmente os cordões de luz. Dê preferência a produtos com selo de certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Verifique se a indicação de uso é adequada para a finalidade pretendida: por exemplo, se o cordão de luz é indicado para uso interno ou externo.

Para quem vai reaproveitar materiais utilizados em anos anteriores, a dica é verificar a condição geral de fios, plugues e conexões antes da instalação, protegendo as emendas com fita isolante de boa qualidade. O equipamento só deve ser ligado na tomada após a conclusão da montagem, e toda manutenção ou troca de lâmpadas deve ser feita com o equipamento desligado.

Outra recomendação importante é assegurar-se de que a capacidade e a resistência dos condutores (tanto da fonte de energia quanto dos enfeites em si) sejam compatíveis com a carga elétrica requerida, observando o correto dimensionamento de cabos e fios.

Se for preciso ligar mais de um equipamento na mesma tomada, é recomendado substituir o “T” ou benjamin por um filtro de linha. Esta medida previne o aquecimento dos fios e a ocorrência de curtos-circuitos que podem provocar incêndios.

Por fim, na decoração de sacadas e fachadas prediais, é preciso prestar atenção à distância entre a ornamentação e a rede elétrica da rua. Na dúvida, consulte um profissional qualificado.

O primeiro é o aquecimento da fiação, tomadas, pinos e conexões. O segundo, o cheiro característico de plástico queimando.

SINAIS - As instalações elétricas apresentam alguns sinais quando não estão funcionando corretamente. O primeiro é o aquecimento da fiação, tomadas, pinos e conexões. O segundo, o cheiro característico de plástico queimando.

Ao perceber qualquer um desses sinais, o consumidor deve desligar imediatamente os equipamentos das tomadas e o disjuntor, e realizar uma verificação detalhada nas instalações. A persistência do aquecimento provoca a deterioração dos isolamentos, o que pode provocar um curto-circuito e princípio de incêndio.

Para evitar o desperdício de eletricidade, o consumidor deve lembrar de desligar os equipamentos quando não estiverem sendo utilizados. Estas e outras orientações de segurança com a energia elétrica podem ser consultadas no site www.copel.com


* Com informações da assessoria de imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

» Os comentários não são de responsabilidade do Blog do Riomar Bruno;
» Os comentários deste Blog são todos moderados;
» Escreva apenas o que for referente ao tema;
» Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
» Faça comentários relevantes;
» Para entrar em contato acesse nosso formulário de contato;
» O Blog não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo;
» Ao comentar você declara que leu e aceita as regras dos comentários e que ele não fere o Marco Civil da Internet;
» Obrigado por sua visita e volte sempre.

Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 99144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.