Acontecendo

Eleições 2016
Campos Gerais

Mundo

Geral

Economia

Foto do Dia

Últimas Notícias

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Manifesto de um não europeu: pelo Brexit e pela Europa!

Por Percival Puggina

Pertenço a um grupo de brasileiros, talvez pequeno hoje, que lamentam o fato de a proclamação da República haver rompido nossas raízes europeias. Era de lá que vinham as bases da nossa cultura, da nossa literatura e da nossa fé cristã. Era de lá o nosso idioma. O gesto de enviar D. Pedro e sua família para o desterro cortou laços que deveríamos, naquela época, ter entendido como um privilégio em relação às demais nações da América Ibérica. Devido a esse sentimento pessoal, a esse estado de alma, diria, amei a Europa antes mesmo de a haver conhecido. Amava-a nas páginas dos livros de História, nas enciclopédias e nas fugazes visões externas que o cinema proporcionava. Amei-a ainda mais desde que lá estive com minha mulher, como turista, na primeira de muitas vezes que a ela retornamos. Amei-a em cada museu, em cada uma das centenas de basílicas, santuários, mosteiros, catedrais e igrejas góticas, barrocas e românicas que visitei extasiado por aquela dedicação em construir o belo para Deus. Quantas vezes nos quedamos, ela e eu, em reverente silêncio diante da determinação com que cada país cuidou de sanar as destruições da guerra restaurando para a humanidade os bens de sua cultura!

Lembro da emoção quando cruzei a primeira fronteira rodoviária com aduana inoperante, que ali ainda remanescia como marca da unidade em construção. Embora estrangeiro, emocionou-me a sensação de liberdade - vejam só! - que isso me proporcionou. A sensação se renovou quando comecei a usar a mesma moeda para pagar despesas em países diferentes. E estranhei a negativa dos britânicos em aceitarem o euro.

Passei os últimos dias meditando sobre o plebiscito do Reino Unido, ponderando, na contradição das opiniões, as causas e consequências de cada uma. Por isso, tardei em escrever. No passar dos dias, foi ganhando nitidez uma questão de início quase indiscernível, bem ao fundo desse cenário de luzes e sombras. Estariam os ingleses deixando de ser europeus? Tal quesito me interessou porque acima dos negócios, dos acordos políticos e comerciais, importa-me a Europa e o que ela representa. Conexa a essa questão, uma outra se levantou: o que está acontecendo lá? Em outras palavras: a filosofia grega, o direito romano e o cristianismo - bases da cultura e da civilização que amo de espírito, coração e mente por suas fulgurantes emanações através dos séculos - ainda estão no zelo da União Europeia?

A conclusão a que chego é que não estão, de modo algum! A UE aceitou ser tutelada por uma burocracia internacional que, por muitos meios trouxe para a agenda e tem imposto pautas que confrontam aquilo que estava no espírito europeu e nos três principais fundadores da política continental pós-guerra. De fato, Alcide de Gasperi, Konrad Adenauer e Albert Schuman, modernos pais da Europa, eram cristãos fervorosos (os três tiveram e os dois últimos ainda têm processo de beatificação em curso). Com o passar dos anos, porém, a UE compôs onerosa e poderosa estrutura de poder que já se converte num caso clássico em que a burocracia se sobrepõe à política. Não satisfeita, ainda é empurrada ao ateísmo e ao paganismo de modo acelerado. Nas atuais circunstâncias, diante dos mastodontes em que se converteram as estruturas de poder efetivo na UE, não está fora de sentido afirmar, com Roger Scruton, que o Reino Unido decidiu ser Europa e não União Europeia.

Para continuar sendo Europa tornou-se forçoso recuperar sua soberania. Difícil imaginar os britânicos, tendo feito pelo Continente tudo que já fizeram, abdicarem dela - da sua soberania - nas atuas circunstâncias. União Europeia, sim. Mas não com sangrias fiscais que as nacionalidades tributadas jamais aprovariam (no caso do Reino Unido, isso contraria 800 anos de história), nem com imposições contrárias à democracia, ou com avanços sistemáticos contra os valores característicos do Ocidente.

Faço votos que a crise suscitada pelo Brexit induza a mudanças na UE antes de os burocratas instalados em Bruxelas acabarem por descaracterizar totalmente a Europa.













* Percival Puggina (71), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de Zero Hora e de dezenas de jornais e sites no país. Autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A tomada do Brasil. integrante do grupo Pensar+.
*Imagem: Ilustrativa


Grupo de danças de Porto Amazonas se apresentará no Teatro Guaíra


O Grupos Fusão.com de Porto Amazonas ira participar no próximo final de semana (1 a 3 de julho) da Mostra Paranaense de Dança, que ira acontecer no Teatro Guaíra, na capital do estado.
O Grupo participou da seletiva que aconteceu em Ponta Grossa no mês de maio, concorrendo com outros 89 aprestações, desta seletiva foram selecionados 21 apresentações. A apresentação do grupo será no sábado, o inicio dos espetáculos será as 20.

Foram 1992 inscritos que participaram das seletivas, os vencedores de cada seletiva agora irão se apresentar em Curitiba.

Os espetáculos profissionais e as seletivas de grupos, academias e escolas de dança foram realizados nas cidades de Pato Branco, Campo Mourão, Ponta Grossa, Marialva (que recebeu o evento pela primeira vez) e Curitiba.

Desde 2008, a Mostra Paranaense de Dança tem espalhado arte pelo Estado do Paraná atuando em variadas frentes: promovendo apresentações artísticas de companhias profissionais a preços populares em cidades do interior e na capital, revelando e valorizando o talento de artistas e grupos amadores de diferentes gêneros, promovendo iniciativas de formação para estudantes e para a classe artística e, ainda, trazendo para o Brasil pesquisadores de reconhecimento internacional para espetáculos e workshops.


Essas iniciativas movimentaram em 2015 um público de mais de 15 mil pessoas, o que concedeu ao festival repercussão nacional e a oportunidade de atrair bailarinos e espectadores de outros estados, tais como Santa Catarina e São Paulo. Em 2016, o evento promovido pela ABABTG – Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra – continua com os mesmos propósitos e iniciativas.

Lei de Incentivo à Cultura. Produção: Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra. Apoio: Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, Prefeitura Municipal de Pato Branco, Prefeitura Municipal de Campo Mourão, Prefeitura Municipal de Marialva, Galvão Locações, Centro Cultural Teatro Guaíra e Secretaria de Estado da Cultura do Paraná. Patrocínio: O Boticário na Dança, Copel e Sanepar. Realização: Ministério da Cultura, Governo Federal, Pátria Educadora.


















Agência da Caixa é alvo de tentativa de assalto em São Mateus do Sul

Na madrugada desta quarta-feira (29), por volta das 4h, a Caixa Econômica Federal de São Mateus do Sul, foi alvo de uma tentativa de assalto.

A Polícia Militar foi acionada para averiguar a situação, e ao chegar no local, foi avistado um veículo Punto prata saindo da agência. Na ação, os bandidos estavam com armas pesadas, como “fuzil”. Uma pessoa que estava passando no local foi feita de refém, que dificultou a ação da PM.

Os bandidos fugiram sentido União da Vitória, logo após foram avistados dois veículos por populares, um Punto Prata e um Palio Branco. A equipe da Polícia Militar trocou vários tiros com os assaltantes, atingindo os pneus durante a fuga. Já com os pneus vazios, foram obrigados a abandonar o veículo.

Na consulta das placas do veículo, foi constatado que as mesmas eram adulteradas, e na numeração do chassis, consta que o mesmo tem sinal de alerta ou roubo. A equipe do Portal Cultura conversou com os Policiais, veja o relato.

“A diferença entre as armas nossas e dos assaltantes é muito grande, com certeza se estivéssemos com armas de grosso calibre teríamos pegado os caixeiros” disse um dos Policiais envolvidos na troca de tiros.

Com a ação rápida da Polícia Militar, os assaltantes não conseguiram obter êxito no roubo dos caixas.
















*Fonte Plantão Policial WhatsApp/ Portal Cultura Sul FM
*Imagem: Plantão Policial WhatsApp


terça-feira, 28 de junho de 2016

Último boletim da dengue do período confirma mais uma morte pela doença


A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa-PR) divulgou nesta terça-feira (28) o último boletim sobre a dengue do atual período epidemiológico, que começou em agosto de 2015. Mais uma morte por dengue foi confirmada neste último informe. A vítima de Foz do Iguaçu, na região Oeste do Estado, eleva para 59 o número de óbitos durante todo o período. Durante o período epidemiológico de 2015, que teve início em agosto de 2014, foram contabilizadas 24 mortes causadas pela doença.

Ao todo, foram confirmados 52.237 casos de dengue em 316 municípios do Paraná, 17.204 casos a mais que o período epidemiológico anterior. Durante todo este período, 82 cidades entraram em situação de epidemia de dengue. O caso mais grave foi em Paranaguá, no litoral do Paraná, onde 5,7% da população da cidade contraiu a doença. Foram 16.331 casos confirmados e 30 mortes. No período epidemiológico de 2015 foram confirmados apenas 45 casos de dengue em Paranaguá e nenhuma morte.

O próximo período epidemiológico começa a ser contado a partir da primeira semana de agosto deste ano. E vai até a última semana de junho de 2017.














*Fonte Agência Estadual de Noticias
*Imagem: Ilustrativa


Aneel define novas tarifas de distribuidoras de energia de Campo Largo e outra do Tocantins


A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (28) as revisões tarifárias das empresas Energisa Tocantins (ETO) e Companhia Campolarguense de Energia (Cocel).

As tarifas da ETO, que entram em vigor na próxima segunda-feira (4), terão um aumento de 13,79% para os consumidores residenciais e de 9,99% para as indústrias. A distribuidora atende 572 mil consumidores em 139 municípios de Tocantins.

Já para a Cocel, haverá uma redução de 9,59% nas tarifas dos consumidores residenciais e de 22,26% para as indústrias. As tarifas valem a partir de amanhã (29) para 48,6 mil consumidores do município de Campo Largo, no Paraná.

A revisão das tarifas é feita, em média, a cada quatro anos, de acordo com o contrato de concessão de cada empresa e tem como objetivo analisar o equilíbrio econômico-financeiro da concessão. Por isso, pode haver aumento ou redução da tarifa. Na revisão, também são estabelecidos os limites máximo de interrupção do fornecimento de energia que cada distribuidora poderá ter nos próximos quatro anos.













*Fonte Agência Brasil
*Imagem: Ilustrativa


Sancionado com vetos projeto com medidas de combate ao 'Aedes aegypti'


O presidente interino, Michel Temer, sancionou com vetos projeto de lei de conversão (PLV 9/16, resultado das discussões no Congresso da medida provisória MP 712/2016) que autoriza o ingresso forçado de agentes de combate a endemias em imóveis abandonados para combate ao mosquito Aedis aegypti, vetor de doenças como zika, dengue e febre chikungunha. O Diário Oficial da União publica nesta terça-feira (28)o texto da nova lei (13.301/16), que foi aprovado pelo Senado no dia 31 de maio passado.

- Essa matéria dará ao poder público a condição de realizar o enfrentamento dessa grave situação de saúde pública que existe no Brasil - afirmou o senador Paulo Bauer (PSDB-SC), que presidiu a comissão mista do Congresso criada para analisar a medida.

- Esse mosquito perturba a vida nacional e precisa ser combatido urgentemente – disse o senador Lasier Martins (PDT-RS).

Imóveis

Para entrar no imóvel abandonado, o agente de saúde poderá contar com o apoio de policiais ou da guarda municipal sempre que necessário e terá de fazer um relatório detalhado das medidas sanitárias adotadas para o controle dos focos de reprodução do mosquito.

O ingresso forçado deverá ser realizado preservando-se a integridade do imóvel e também poderá ocorrer sempre que se verificar a existência de outras doenças com potencial de proliferação ou de disseminação que apresentem grave risco ou ameaça à saúde pública, condicionada à Declaração de Emergência em Saúde Pública.

O texto inclui na legislação sanitária nova multa de 10% na faixa de R$ 2 mil a R$ 75 mil no caso de reincidência em manter focos de vetores no imóvel por descumprimento da recomendação das autoridades sanitárias.

O sábado fica estabelecido como o dia de limpeza dos imóveis, de campanhas educativas, em especial às gestantes e de orientação à população.

Microcefalia

A MP concede ainda um Benefício de Prestação Continuada (BPC) temporário, por prazo máximo de três anos, à criança vítima de microcefalia em decorrência de sequelas neurológicas por doenças transmitidas pelo Aedes aegypti.

O benefício será concedido depois do período da licença-maternidade, que passa a ser de 180 dias para as mães dessas crianças. Isso valerá para todas as seguradas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS): especial, contribuinte individual, facultativa e trabalhadora avulsa.

Por orientação do Ministério da Saúde e do Desenvolvimento Social, foi vetado o dispositivo (parágrafo 1º do artigo 18) que condicionava a concessão do benefício à “miserabilidade do grupo familiar”.

Vetos

O presidente Temer vetou, por sugestão do Ministério do Planejamento, todos os dispositivos do projeto que concedem benefícios e incentivos tributários. No texto aprovado pelo Legislativo (artigo 6º), a proposta isentava do Imposto de Importação e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) a cadeia produtiva de repelentes, inseticidas, telas e mosquiteiros de combate ao mosquito Aedes aegypti.

Apesar de manter (artigo 7º) a criação do Programa Nacional de Apoio ao Combate às Doenças Transmitidas pelo Aedes(Pronaedes), o presidente interino vetou os dispositivos (artigo 8º, 11, 12, 13 e 14) que previam incentivos fiscais capazes de financiar projetos.

Pessoas físicas e jurídicas poderiam doar dinheiro, bens móveis ou imóveis, ceder bens para uso ou equipamentos ou realizar manutenção ou reparos em bens móveis, assim como fornecer material de consumo e insumos. O valor envolvido poderia ser deduzido do Imposto de Renda até atingir até 1,5% do imposto devido pela pessoa física e até 1% do imposto devido pela pessoa jurídica.

Incluído no texto pela Câmara, esse ponto havia sido questionado no Senado, já que a isenção de tributos se trataria de iniciativa privativa do Executivo. Os vetos (Veto 25/16) serão analisados pelo Congresso em data ainda a ser definida.


*Fonte Agência Senado
*Imagem: Ilustrativa


Governo vai pagar em agosto primeira parcela do 13º de aposentados

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, informou na tarde de hoje (28) que o governo vai retomar o calendário de pagamento do 13º salário dos aposentados e pensionistas que recebem pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Com isso, a primeira parcela do benefício começará a ser paga no dia 25 de agosto. No ano passado, em virtude da crise, o governo da presidenta afastada Dilma Rousseff adiou o pagamento da primeira parcela do 13º salário de agosto para setembro.

A segunda parcela deste ano será paga a partir de 24 de novembro.

O anúncio foi feito por Padilha após reunião com o grupo de trabalho que discute alternativas para a reforma da Previdência, no Palácio do Planalto.













*Fonte Agência Brasil
*Imagem: Ilustrativa


Professora usa duas maçãs para mostrar os efeitos do bullying

As crianças estão sujeitas a sofrer e praticar bullying com seus colegas sem ter a real dimensão do que essa agressão pode causar. Uma professora britânica, no entanto, encontrou um jeito genial e simples de discutir o assunto usando apenas duas maçãs. Sim, você leu certo.

Quer entender melhor? Antes de entrar na sala de aula, Rosie Dutton pegou duas maçãs iguais. Uma delas, contudo, ela jogou repetidamente no chão, mas tomando cuidado para que seu exterior continuasse sem nenhum problema aparente.

Já ao lado das crianças, a professora fez com que eles vissem como as frutas eram semelhantes e, então, começou seu experimento. “Peguei a maçã que eu havia jogado no chão anteriormente e comecei a dizer aos alunos o quando eu não gostava dela, que eu a achava repugnante, que tinha uma cor horrível e o caule era muito curto. Depois disso, falei que por conta de eu não gostar dela, não queria que eles gostassem também”, conta Dutton no post que viralizou rapidamente no Facebook e foi compartilhado mais de 235 mil vezes.

Ainda de acordo com ela, algumas crianças acharam aquilo estranho, mas foram passando a maçã de mão em mão e dizendo coisas ruins. A outra fruta também entrou no jogo, mas de maneira oposta, já que apenas suas qualidades foram exaltadas. “Depois eu cortei as duas maçãs. Aquela com a qual fomos bons estava limpa, fresca e suculenta. A outra, sobre a qual foram ditas coisas ruins, estava toda machucada e mole”, escreve.

Para a professora, aquele foi um momento de iluminação dos alunos. “Eles realmente entenderam: os machucados e os pedaços quebrados daquela maçã representam o que está acontece dentro de cada um de nós quando alguém nos destrata com palavras ou ações”.

Rosie Dutton frisa, ainda, que “quando as pessoas sofrem bullying, especialmente as crianças, elas se sentem mal às vezes não mostram ou contam aos outros como estão se sentindo. Se não tivéssemos cortado aquele maçã, jamais saberíamos quanta dor causamos a ela”.

Um exemplo fácil e poderoso para usar em casa, não é?

















Operação Aletria combate tráfico internacional de drogas em Foz do Iguaçu/PR

A Polícia Federal deflagrou hoje (28/6) a Operação Aletria, com a finalidade de desarticular grupo criminoso especializado em tráfico internacional de drogas. A quadrilha atua na região da fronteira do Oeste do Paraná, especialmente nos municípios de Foz do Iguaçu/PR, Santa Terezinha de Itaipu/PR, São Miguel/PR, Itaipulândia/PR e Missal/PR. Foram colhidos indícios de que a organização é responsável por introduzir, armazenar e enviar cocaína e maconha para grandes centros consumidores no País.

Policiais federais dão cumprimento a quatro mandados de prisão preventiva, a três mandados de monitoração eletrônica, a oito mandados de condução coercitiva, a quatorze mandados de busca e apreensão em residências, e a três mandados de busca e apreensão, em empresas. São objetos de sequestro judicial: 3 residências, 5 lotes, uma chácara, um motel, uma pedreira, sete caminhões, duas máquinas, duas embarcações e seis automóveis. Equipes da Receita Federal cumprem com a Polícia Federal os mandados de busca e apreensão nas empresas.

As investigações foram iniciadas há um ano e meio e coletaram indícios da existência de associação para o tráfico de drogas transnacional, composta por, pelo menos, doze pessoas, entre os que atuam diretamente no tráfico de drogas e aqueles que auxiliam na ocultação de administração dos bens adquiridos com o proveito do tráfico.

Todo o patrimônio obtido com o tráfico de drogas foi investido em imóveis, empreendimentos, automóveis, caminhões, carretas e embarcações, os quais estão registrados em nomes de terceiros e de familiares próximos. Durante a fase sigilosa, foram presas em flagrante nove pessoas, as quais permanecem sob custódia nos estados do PR, SP e PE; foram apreendidos sete veículos, duas embarcações, um caminhão, uma carreta, 31 toneladas de alpiste contrabandeado, cinco armas de fogo, munições, 4,5 toneladas de maconha, 9 kg de crack, 1 prensa de cocaína.

Foi apurado que o chefe da organização criminosa seja um dos mais antigos da região e que atue com o tráfico de drogas há mais de dez anos. A elevada quantidade de droga apreendida e os bens identificados indicam o elevado poderio econômico de seus integrantes.

Do resultado das diligências que são cumpridas hoje se pretende angariar mais elementos probatórios acerca da organização criminosa e de possíveis bens adquiridos com o proveito do crime.














*Fonte PRF
*Imagem: Ilustrativa


Banco Central prevê queda do PIB de 3,3% este ano

O Banco Central (BC) reduziu levemente a projeção de queda da economia este ano. De acordo com o Relatório Trimestral de Inflação, divulgado hoje (28), o Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos pelo país, deve apresentar queda de 3,3%, ante a previsão anterior de 3,5%. Em 2015, o PIB recuou 3,8%.

Para a produção agropecuária, a expectativa é de recuo de 1,1%, ante a expansão de 0,2% estimada no relatório divulgado em março. Segundo o BC, essa reversão ocorreu devido a revisões para baixo nas projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para as safras de soja, cana-de-açúcar e milho, que deverão diminuir 0,4%, 2,6% e 14,1%, respectivamente, no ano.

A projeção para a retração da indústria passou de 5,8%, em março, para 4,6%. “A melhora reflete o desempenho acima do esperado para o setor no primeiro trimestre e a evolução de indicadores coincidentes no segundo trimestre”.

Comércio e serviços

A estimativa para o recuo do setor de comércio e serviços em 2016 foi mantida em 2,4%.

O BC também projeta recuo de 4% para o consumo das famílias e 0,8% de queda no consumo do governo. A Formação Bruta de Capital Fixo (investimentos) deve recuar 11,6%.

A projeção de crescimento das exportações ficou em 7,5% e de queda das importações de bens e serviços chegou a 14%. “A evolução projetada para as exportações, em ambiente de retomada moderada da atividade econômica global, reflete o desempenho positivo das categorias de produtos básicos e de industrializados, este influenciado pelos ganhos de competitividade decorrentes da depreciação do real [alta do dólar]”, diz o BC no relatório.














*Fonte Agência Brasil
*Imagem: Ilustrativa


Saúde
Doações
Todo o conteúdo do Blog do Riomar Bruno é gratuito, mas você pode ajudar nos custos de manutenção e produção do Blog. Faça sua doação, clique aqui para saber como.
Blog do Riomar Bruno
Rua Conrado Buhrer, 255 - Centro
Porto Amazonas - PR
Jornalista Responsável: Riomar Bruno dos Santos Ferreira
Comercial: (42) 9144-3838
falecom@riomarbruno.com.br
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Blog do Riomar Bruno.
-Textos e imagens de nossa redação podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Conteúdos e imagens aqui veiculadas são de responsabilidade das fontes aqui citadas
Duvidas e sugestões entre em contato.